Risotto do seu jeito

risoto-de-agnello-nez-bistrc3b4 risoto de linguiça e ervilhas  Restaurante Mar a Vista - 24/07/2013 - Fotos Leo Feltran

Quem é que não gosta de um bom risoto, cheio de sabor e aroma incomparável?

Pois é, mas você sempre tem que escolher qual o sabor vai fazer, e isto é tão variável que deixa a gente até confuso!!!

Camarão, aspargo, tomate seco, alcachofra, palmito, ervilhas, tomate cereja, carne seca, funghi e assim vai pelo mundo dos sabores e criatividade a fora!!!

Agora vai um dica, que tirei do grande Chef Jamie Oliver, que montou um prato chamado “Os 3 Fantásticos”. Ele faz de uma vez 3 sabores diferentes de Risotto, e fica fantástica a combinação e sabor, sem ficar exagerado e nem precisar de um batalhão de gente para comer todos os risotos.

É muito simples, você irá preparar em uma panela grande o “Risoto Bianco”, receita tirada também de Jamie Oliver. Enquanto prepara o risoto, em 3 panelinhas menores você irá preparar os “sabores” que quiser, os 3 fantásticos são de tomate cereja e camarão, ervilhas frescas e coração de alcachofra. Mas ai vai de você escolher e combinar os sabores que mais gosta, a ideia é fazer um com o sabor mais forte e acentuado que o outro.

Quando o risoto estiver pronto você irá colocar nas panelinhas um pouco de risoto, misturar e servir 3 sabores diferentes de risoto!!!

risoto3

Risotto Bianco

Ingredientes

  • 1,1 litro de caldo de galinha
  • 2 colheres de óleo de oliva
  • 1 pedaço de manteiga
  • 1 cebola grande descascada e picada finamente
  • 2 dentes de alho descascados e picados finamente
  • 400g de arroz arbóreo
  • 2 taças de vinho branco seco ou de vermute branco seco
  • sal e pimenta do reino
  • 70 g de manteiga
  • 120g de queijo parmesão ralado na hora

Etapa 1 – Esquente o caldo. Em uma panela separada, aqueça o óleo de oliva e a manteiga. Adicione a cebola, o alho e cozinhe bem lentamente por cerca de 15 min, sem dourar. Isso é chamado de soffrito. Quando os vegetais estiverem tenros, acrescente o arroz e aumente o fogo.

Etapa 2 – O arroz começará a fritar levemente, portanto continue a mexer. Após 1 minuto. ele ficara um pouco translúcido. Adicione o vermute ou o vinho, sem parar de mexer – o aroma é fantástico! Qualquer sabor forte do álcool irá evaporar e deixar o arroz com uma essência deliciosa.

Etapa 3 – Quando o vermute ou o vinho for absorvido pelo arroz, acrescente a primeira concha de caldo quente e 1 boa pitada de sal. Abaixe o fogo para que a parte externa do arroz não cozinhe muito rapidamente. Continue adicionando conchas de caldo – misture e massageie o amido cremoso do arroz, esperando que cada concha seja absorvida antes de despejar a próxima. Isso levará uns 15 min. Experimente para checar se o arroz está cozido. Se não estiver, continue a acrescentar caldo até que fique tenro, mas com uma leve consistência. Não se esqueça de ajustar o tempero cuidadosamente. Se o caldo acabar antes de o arroz cozinhar, ponha um pouco de água fervente.

Etapa 4 – Retire a panela do fogo e adicione a manteiga e o parmesão. Misture bem. Tampe a panela e deixe descansar por 2 min. Esta é a parte mais importante do preparo de um risoto, já que é quando ele ficará incrivelmente cremoso como deve ser. Coma o mais rápido possível, enquanto ele conservar a sua linda textura.

fonte: http://www.jamieoliver.com/recipes/risotto/basic-risotto-recipe

Muito fácil e prático para uma combinação enorme de aromas e sabores em uma única refeição!

Espero que gostem e desfrutem de muito sabor.